LBE School    |    Aulas Particulares de Inglês    |    Depoimentos    |    Blog    |    Contato

Boris Johnson

  • Por: rodrigofaria
  • 0 Comment

 Boris Johnson disse: todos imigrantes deviam falar Inglês

 

Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido, diz que todos precisam falar inglês no país e recebe críticas

Boris JohnsonBoris Johnson disse que há “muitas partes do nosso país onde o inglês não é falado como primeira língua” e que vai exigir que todos os imigrantes na Grã-Bretanha aprendessem inglês. Ele ainda acrescentou que os imigrantes deveriam “sentir-se e ser britânico” além é claro, aprender a língua inglesa.
O atual primeiro-ministro elogiou a diversidade da capital, mas sugeriu que algumas comunidades não estavam fazendo o suficiente para se integrar à sociedade.
 “Agora eu penso que a história das comunidades que vieram para Londres e fizeram suas vidas em Londres é incrível… as ondas chegaram a Londres e, lentamente, elas mudaram, se adaptaram, fizeram a vida e ajudaram a fazer a nossa cultura nacional e eles compraram para ela. E é isso que eu quero para o nosso país”, disse ele.

 

Sentir-se Britânico

“Quero que todos os que vêm aqui e façam suas vidas aqui sejam e se sintam britânicos – isso é o mais importante – e aprender inglês. E muitas vezes há partes do nosso país, partes de Londres e outras cidades também, onde o inglês não é falado por diversas pessoas como sua primeira língua e isso precisa ser mudado”, completou.
 “As pessoas precisam ter permissão para participar da economia e da sociedade da maneira que essa experiência compartilhada permitiria”, finalizou Johnson.
 Destacando os bengaleses, os refugiados judeus da Rússia czarista e os huguenotes da França, Johnson disse que os imigrantes “se adaptaram e fizeram suas vidas e ajudaram a criar sua cultura nacional e eles a compraram”.
Além disso, os parlamentares escoceses e galeses que representam os constituintes, que falam gaélico e galês como primeira língua, reagiram com fúria aos comentários “doggy whistle” e “racist” de Johnson, que desmentiam uma mentalidade “imperialista” e “estúpida”.
 Aliás, os idiomas falando no Reino Unido além do inglês (e do gaélico e galês citados acima) incluem escocês e irlandês.
Entretanto, ainda existem uma grande variedade de línguas faladas no lugar como polonês, árabe e até mesmo francês.

Angus MacNeil do SNP, que fala gaélico e representa Nah Eileanan um Iar, disse: “A total arrogância de Boris Johnson é mais uma vez aparente”.
Chi Onwurah, o ministro-sombra das Finanças, disse ainda que os imigrantes e refugiados estavam sendo impedidos de aprender inglês devido alguns cortes do governo.
Johnson também disse que a imigração ajudou Londres a se tornar a área de maior sucesso econômico na Europa, e que estava impulsionando um crescimento similar em outras cidades do Reino Unido. Veja abaixo mais alguns trechos de sua entrevista:
“Londres é a cidade mais diversificada do mundo, 300 idiomas são falados lá”, disse ele. Mas também é a região economicamente mais produtiva de toda a Europa. É a nossa capacidade de atrair pessoas talentosas de todo o mundo que ajudaram a tornar Londres tão extraordinária”, falou Johnson.
“E, na verdade, você está começando a ver em outras grandes cidades o mesmo tipo de mistura – uma população jovem, universitária, diversificada, obcecada por tecnologia, todo tipo de coisa que eu não faço. Não compreender e fazer todo o tipo de start-ups e empresas que sejam muito, muito excitantes e impulsionem a economia.”

A família não concordou com suas palavras

A irmã de Boris Johnson, Rachel, criticou bastante os seus comentários e chegou a dizer no Twitter que a sua família falava grego antigo dentro de casa. Ela ainda completou dizendo “eu genuinamente não sei aonde ele quer chegar”.
 Pelo lado do bisavô de Johnson, a família tem origem turca o que fez soar mal as suas palavras contra os imigrantes.

Conclusão

E aí, qual a sua opinião sobre isso? De certa forma, esta atitude em particular, acaba desencorajando as pessoas de falar sua língua nativa e isso não é certo. É claro, desde que uma pessoa se muda para um novo país, quer seja um refugiado ou apenas um imigrante, é importante aprender a língua local.

Entretanto, isso serve para qualquer país em questão. Assim sendo, as pessoas não devem ser desencorajadas a falar suas próprias línguas, pois é parte de quem somos.
No entanto, os imigrantes devem sim aprender inglês até para aumentar as suas chances de sucesso no país como um novo emprego e ingressar em uma universidade, por exemplo, mas jamais diminuir a língua materna porque isso é muito importante e de certa forma faz com que as pessoas se sintam em casa no que podem falar a sua língua nativa com outras pessoas.

Posted in: Artigos

Comentários

Sem respostas para “Boris Johnson”

Sem comentários aqui

Deixe uma resposta

Estamos online...